O dia do compositor brasileiro

 O dia do compositor brasileiro, foi festejado em Porto Velho, durante a realização do Projeto Samba Autoral, sábado dia 7, no Bar do Calixto.

*******

E nem poderia ser diferente, pois, o nome do projeto já diz “Samba Autoral” o que significa que o participante de preferência, tem que ser compositor.

*******

O Samba Autoral é a verdadeira Academia dos Autores e Compositores musicais de Rondônia. A produção de sambas a partir do Samba Autoral, cresceu bastante, pois, todo compositor quer apresentar uma obra nova, quando da realização do projeto coordenado pela escola de samba Asfaltão.

*******

Assim como mantém os compositores mais experientes como Bainha, Sílvio, Beto Cezar, e Ernesto Melo, Mávilo, Misteira, Makumbinha, Oscar, Zé Baixinha, As Pastoras. Toninho Tavernard, Piaba e tatos outros calejados na roda de samba, nos apresenta a juventude do Danilo, do Júnior e tantos outros expoentes do novo samba em Porto Velho.

*******

Muita gente compareceu sábado passado ao Bar do Calixto para aplaudir nossos sambistas. Aproveitando a oportunidade, o compositor Bainha homenageou a virgem de Nazaré cantando o samba de enredo da escola de samba Estácio de Sá do Rio de Janeiro “Festa do Círio de Nazaré” enredo que foi reprisado pela também escola do Rio de Janeiro Unidos da Viradouro em 2004.

*******

Bainha devoto de Nossa Senhora de Nazaré desabafou, em cima do pároco da Igreja de Nazaré localizada na rua Pau Ferro, que trocou a data do Círio, que ha 87 anos acontece em Porto Velho sempre realizada no segundo domingo de outubro e que este ano, o padre realizou no mês de setembro.


******

Durante muitos anos Bainha foi o fogueteiro durante a procissão do Círio de Nazaré em Porto Velho. Muitos paraenses e devotos da “Nazinha” foram até a igreja na manhã de domingo 8, com a intenção de pagar promessa e deram com a cara no muro. Muitos se revoltaram pela falta de compromisso para com a tradição do Círio de Nazaré em Porto Velho que começou no ano de 1930.

*******

Uma coisa é certa, não podemos concordar que uma festa tradicional, seja, de uma hora pra outra, mudada de data, apenas pela vontade de um padre. A igreja tem que ouvir a comunidade.

É bom que a comunidade paraense faça chegar ao arcebispo Dom Roque sua indignação com a atitude do padre, em trocar a data da realização do Círio de Nazaré em Porto Velho.

*******

“No mês de outubro, em Belém do Pará (e em toda a Amazônia). São dias de alegria e muita fé. Começa com intensa romaria matinal, o Círio de Nazaré. Que maravilha a procissão e como é linda a Santa em sua berlinda...”

********

Essa beleza de devoção este ano, só não aconteceu em Porto Velho. Teve em Manaus, Boa Vista (RR), Macapá (AP) e tudo quanto foi cidade da Amazônia. Por capricho de um padre, em Porto Velho aconteceu em outra data.

*******

Será que o padre da paróquia de Nossa Senhora Aparecida (que já foi de Santiago), também vai querer mudar a data do festejo da padroeira do Brasil. Em Porto Velho tudo é possível, inclusive nada!

*******

Por falar nisso, na próxima quinta feira dia 12, a prefeitura (1ª dama), vai realizar na praça da Madeira Mamoré uma grande festa em comemoração ao dia das crianças. Muitos prêmios serão distribuídos para a gurizada. O que mais está deixando a meninada doida pra que chegue logo o dia 12, é a premiação de bicicletas. Muitas serão sorteadas entre a criançada presente.

*******

Sábado passado durante a realização do Dia do Bem o SGC ofereceu no pátio da avenida Rafael Vaz e Silva show com a multiartista Kira. Pense num show bacana. A gurizada adorou, até porque a Banda da Kira é show a parte e ela tem muito carisma com a gurizada.

*******

Estamos nos preparado para encarar o horário de verão!

Palestra melhoria do IDEB encerra festival Flama
 

Depois de uma semana intensa de atividades culturais, o Festival de Literatura da Amazônia (Flama) foi encerrado no Teatro Municipal Banzeiros, na noite da última sexta-feira. O prefeito, dr Hildon Chaves e dezenas de pessoas prestigiaram o fechamento do festival.

Ao longo da semana foram várias intervenções como contação de histórias, feira do livro, performances poéticas, mesas redondas, entre outras atividades. Para fechar a terceira edição do Flama com chave de ouro, houve apresentação do artista local Bira Lourenço e o grupo Sons de Beira, além de uma palestra sobre a Formação de Leitores e a Melhoria do IDEB, ministrada pelo professor Marcos Aurélio Marques, secretário municipal de educação e um dos idealizadores do projeto.

Marques avaliou o evento como altamente positivo. “Foi surpreendente. A gente se mobilizou o ano inteiro nas escolas municipais desenvolvendo atividades como produção de texto, fomentando a leitura e essa foi uma semana onde tivemos diversas ações, envolvendo poetas de outros estados e integrando aos nossos, então foi uma semana bastante positiva para a literatura e para a cultura com um corpo de mais de 50 pessoas, toda a parte artística da cidade participando”, comentou o secretário.

A programação foi elaborada com o objetivo de atingir a todos os públicos, inclusive as crianças, com a proposta de movimentar o cenário cultural da cidade. O prefeito parabenizou a organização do evento e fez questão de agradecer os envolvidos. Dr Hildon ainda reforçou o pedido para que a comunidade cultural participe ativamente do processo de resgate da qualidade da educação oferecida pelo município.

LEMANN

O prefeito disse ainda que a Semed conseguiu ser selecionada entre mais de 200 cidades, para ser uma das três cidades brasileiras patrocinadas pela Fundação Lemann que apoia projetos de educação das escolas públicas. “Essa é uma oportunidade única de melhorarmos. Mudanças estruturais dessa natureza não são do dia pra noite, alguém tem que começar, e nós temos que começar discutindo a educação”, concluiu o prefeito.

Sejucel capacita artistas em Pimenta e Vilhena


A caravana com técnicos da Superintendência de Esportes, Juventude, Cultura e Lazer – SEJUCEL liderada pelo Coordenador de Cultura Fabiano Barros desembarca na manhã desta terça feira 10, em Pimenta Bueno, onde a partir das 10 horas, no auditório do Sebrae, orienta os artistas e produtores culturais da cidade e região, a desenvolverem projetos para participarem dos quatro Editais de Fomento que o governo do estado de Rondônia oferece por meio da Sejucel nos segmentos Música, Literatura, Teatro e Fotografia.

As visitas aos municípios das regiões polos, chegam ao fim no Cone Sul com as oficinas que serão ministradas nesta terça-feira. “Nesses dias todos, tivemos a oportunidade de passar orientações aos artistas das cidades de Ariquemes, Ji Paraná, Rolim de Moura, Alta Floresta, Costa Marques, Cacoal entre outras cidades polos. Na ocasião sentimos de como nossos artistas produtores culturais, estavam carentes de orientação, relativa a como se montar um Projeto para concorrer aos Editais que estão disponíveis pelo governo estadual”, disse Fabiano Barros.

Em Vilhena a oficina será ministrada na Fundação Cultural as 16 horas.
 

Inscrições dos Projetos

Para se inscrever os artistas devem ficar atentos ao Sispar e o sit Rincão Cultural. O intuito do Edital é fomentar os projetos de artistas independentes e pessoas jurídicas, com objetivo de mostrar a expressão artística e cultural do estado. Os quatros editais são inéditos, por isso a preocupação da Coordenadoria de Cultura da Sejucel com as inscrições dos artistas. Segundo Fabiano Barros, nos editais o que é avaliado são propostas no papel. “Por isso estamos capacitando as pessoas quanto as inscrições e realização dos projetos, pois o que queremos são as novidades dos novos movimentadores culturais, como também dos antigos e que já possuem experiências nas inscrições”, pondera Fabiano.

Os editais de Fotografia, Música e Teatro vão até o dia 20 de outubro. Para o Edital de Literatura, seguem inscrições até 28 de outubro. Todas as inscrições deverão ser realizadas online.

Autor / Fonte: Zekatraca

Leia Também

Comentários