A ponte vai cair... vai cair... vai cair...

A ponte vai cair... vai cair... vai cair...

Porto Velho, RO – Não pense que a história envolvendo uma trama ardilosa para desviar R$ 30 milhões do dinheiro público de Rondônia foi varrida para debaixo do tapete.

Longe disso!

Os volumes empilhados anexados à denúncia do Ministério Público (MP/RO) ocupam boa parte da sala do promotor responsável pelas investigações ministeriais. Investigações concluídas, diga-se de passagem, em 28 dias incessantes de trabalho diuturno.

Se jogassem todas as provas e indícios – documentos e vídeos – em cima da ponte do anel viário de Ji-Paraná provavelmente a estrutura ruiria ainda mais, levando em conta a péssima qualidade da edificação cheia de imperfeições e problemas.

A obra da ponte foi desenvolvida pela empresa Ouro Verde, propriedade do empreiteiro Luiz Carlos Gonçalves.

Leia também
Editorial – CPI da Ponte envolvendo escândalo dos R$ 30 milhões não pode ser ‘para inglês ver’

O enredo todo mundo já sabe. Obra licitada, concluída, entregue e quitada por R$ 22 milhões há seis ou sete anos. Muito tempo depois, os representantes do empreendimento reaparecem alegando que a Ouro Verde teria direito a um realinhamento, logo começam a encher o saco do Governo do Estado.

Os técnicos do Departamento de Estradas de Rodagens de Rondônia (DER/RO) dizem que não, não tem direito.

Quem entra em cena?

O diretor-geral Ezequiel Neiva, pré-candidato a deputado estadual. E é interessante frisar que, a despeito da gravidade das acusações e do calhamaço de indicativos contra o diretor, mantém-se incólume no episódio.

Pelos meios corretos, legais e tradicionais, Neiva acatou os pareceres contrários às pretensões da empreiteira – em duas ocasiões distintas.  Tudo assinado por ele.

Era como se dissesse e reafirmasse:

– Olha, senhor empreiteiro, eu até queria atender ao pleito de sua empresa, mas meus técnicos estão dizendo que é impossível. Não tem como. Espero que entenda. Grande abraço, fique com Deus e bla bla bla...

Aí que a coisa começa a azedar.

De acordo com o MP/RO, quatro dias após responder pela última vez à empresa, o homem corre até Ji-Paraná e o que faz? Acerta o pagamento de R$ 30 milhões à Ouro Verde via Justiça Arbitral – em “magricelas” parcelas que giram em torno dos R$ 2,5 milhões.

Neiva, provavelmente se achanado o cidadão mais inteligente do Planeta Terra, imaginou que a engendração ficaria debaixo do carpete, claro: muito longe dos olhos das autoridades. Como todo espertalhão que se preze, aliás.


Trecho emblemático da denúncia do MP/RO

Esqueceu a figura do deputado Hermínio Coelho (PDT), sempre disposto a jogar água no chope dos membros da administração de Moura, quando não na bebida do próprio governador.

Quando soube da obscenidade o pedetista tratou logo de escancarar a situação no púlpito do Legislativo, dando pontapé inicial às diligências do MP/RO que, por sua vez, já conquistaram decisão judicial freando os pagamentos irregulares tramados em Ji-Paraná.

Agora, com a possibilidade de instalação de uma CPI, é necessário que a trama não seja utilizada como espetáculo circense para fins eleitoreiros.

E ainda
Uma ponte no caminho de Confúcio

O script do rombo é tão obtuso que envolve ainda: supressão de documentos; intimidação de servidores, e até um plano malicioso para livrar a Ouro Verde de multa aplicada pelo Tribunal de Contas (TCE/RO), conferindo ares de situação regular à empresa. Multa esta imputada justamente pela precariedade na obra da ponte.

Se não houver trégua na hora de responsabilizar quem mete a mão no dinheiro público resta iminente a perspectiva de cadeia longa aos responsáveis, principalmente ao personagem principal.

A ponte não é de Londres nem do Rio Kwai, mas a “bomba” lançada à sustentação da que fora construída sobre o Machado é somente a primeira ofensiva contra os insumos da corrupção. A casa já caiu para os corruptos envolvidos; agora é questão de tempo para que a ponte também seja implodida.

London Bridge is broken down,
Falling down, falling down.
London Bridge is falling down,
My fair lady!
__________________________
A ponte de Londres está caindo,
Está caindo, está caindo.
A ponte de Londres está caindo,
Minha bela dama!

Autor / Fonte: Vinicius Canova

Leia Também

Comentários