Aeroportos e rodoviárias movimentados, Donadon e Padovani na Câmara Federal, Jesualdo senador ou deputado estadual?

 Crise? – A predominância nas rodas de conversas, além da corrupção na política e na classe empresarial é sobre a situação econômica brasileira. E o que mais se comenta nesses momentos é a crise, que é mundial, com reflexos oscilantes nos mais diversos países e no Brasil, dependendo da região, ela é mais ou menos aguda. A mesma crise que a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), disse que era “uma marolinha”. Mas a situação não está assim tão desesperadora, ao menos ao cidadão de bem, que trabalha e leva a vida com decência.

Crise II? – Mas vamos ao assunto do foco, a crise econômica, que acaba, queiram ou não, refletindo no social. Analisando a situação, apenas no aspecto movimento o cidadão analisa que o problema não é dos mais graves. Os aeroportos estão movimentados e os aviões com os assentos todos ocupados. A situação não é diferente nas rodoviárias, onde a maioria das empresas está sendo obrigada a colocar ônibus extras, para poder atender a demanda de passageiros. Por último o movimento intenso nas estradas, nos hotéis, bares e restaurantes. Realmente a crise é muito mais política, que econômica e social.

Senado – Muito se tem comentado nos meios políticos que o prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires (PSB) deverá deixar a prefeitura no próximo ano, porque disputará uma das duas vagas ao Senado em 2018. Há controvérsias. Há princípio estarão na disputa pelas duas vagas ao Senado o senador Valdir Raupp (PMDB-RO) na busca pela reeleição, o ex-senador Expedito Júnior (PSDB), o atual governador Confúcio Moura (PMDB), além de Jesualdo. Como são apenas duas vagas, a tarefa de Jesualdo, caso ele opte pelo Senado não será das mais simples. Mas há outra opção.

Assembleia – Pessoas bem próximas ao prefeito Jesualdo garantem que uma pré-candidatura de Jesualdo ao Senado seria “balão de ensaio”. O prefeito, segundo eles, estaria mesmo disposto a deixar a prefeitura para candidatar-se em 2018, mas não ao Senado e sim a Assembleia Legislativa (Ale), por onde ele já passou por um mandato e meio e só deixou o cargo, porque se elegeu para o primeiro mandato a prefeito de Ji-Paraná. As mesmas fontes garantem que Jesualdo eleito teria respaldo suficiente, para eleger-se presidente da Casa do Povo em 2019. Quem viver verá...

Homenagem – O senador Valdir Raupp (PMDB-RO) circula pela capital e interior do Estado em todos os finais de semana. Nos últimos dias cumpriu agentes em vários municípios e no sábado (15) em Vilhena foi homenageado pela diretoria das rádios comunitárias, pelo apoio que sempre tem dedicado as emissoras. Segundo Raupp, as rádios comunitárias prestam um inestimável serviço à população, “porque é o contato direto dos moradores dos bairros e das cidades de menor população, levando entretenimento e informação com uma programação simples, mas da maior importância para a comunidade”, afirmou o senador na ocasião.

Respigo

Um dos mais importantes jornal do Estado, o “Folha do Sul”, de Vilhena, que domina o Cone Sul publicou que o vice-governador Daniel Pereira (PSB) em solenidade na cidade de Colorado do Oeste praticamente lançou as pré-candidaturas do ex-prefeito de Vilhena, Melki Donadon e do secretário de Estado da Agricultura, Evandro Padovani à Câmara Federal. Segundo o “FS” Daniel disse em discurso na cidade de Colorado do Oeste: “Pessoal, em 2018 teremos dois candidatos a deputado federal no Cone Sul, Melki e Padovan e então eu peço a vocês o seguinte: vote num desses dois; quem não votar no Melki, vote no Padovani, que não votar no Padovani, vote no Melki” +++ Desde a cassação do deputado federal Natan Donadon (PMDB) em 2014 e posteriormente a sua prisão em 2015 o Cone Sul não tem representante na Câmara Federal. A região é uma das mais prósperas do Estado e Daniel tem razão quando argumenta que o Cone Sul precisa de um político no Congresso Nacional +++ O frio no Paraná está de “rachar o bico” onde até pinguim está batendo o queijo. Hoje a temperatura oscilou em torno de 8 graus, mas a previsão para amanhã (18) é de amanhecer com zero grau.

Autor / Fonte: Waldir Costa / Rondônia Dinâmica

Leia Também

Comentários