Corpo de Bombeiros combate incêndio que atinge reserva ambiental

Corpo de Bombeiros combate incêndio que atinge reserva ambiental

Propriedades rurais e área de preservação ambiental foram atingidas

Mesmo com a força-tarefa do Corpo de Bombeiros para combater os focos de incêndio que assolam uma reserva ambiental em Nova União (RO), município a cerca de 370 quilômetros de Porto Velho, desde 8 de setembro, as chamas continuam fazer estragos dentro do local restrito e pelos arredores. Na manhã desta quinta-feira (13), equipes da corporação concentraram esforços nos pontos mais castigados pelo fogo.

Os trabalhos de investigações para entender a real proporção da queimada também já começaram. Por volta das 14h, equipe do Grupo de Operações Aéreas (GOA), do Corpo de Bombeiros, fez um sobrevoo prévio na área mais afetada.  Diariamente, há sete bombeiros trabalhando em solo para frear o incêndio.

Até o momento, ao menos dois mil hectares já foram devastados. Dentro dessa proporção, além da mata destruída, animais foram mortos pelas chamas. Entre as espécies, há cobras tatus e jabutis.

O incêndio, que também atinge os assentamentos Margarida Alves e Palmares, bem como áreas pertencentes à produtores rurais, as labaredas se aproximam da nascente do Rio São Domingos.

O local é fonte de água da cidade de Nova União. Nas extremidades da nascente, há espécies de animais em risco, inclusive onças, veados e cachorros do mato. No local, também se concentram cachoeiras.

Autor / Fonte: Gedeon Miranda e Mayara Subtil, G1 Ji-Paraná e Região Central

Leia Também

Loading...