Direita x Esquerda: estupidez?

Professor Nazareno*

A luta ideológica entre progressistas e conservadores que aparenta existir no Brasil é uma farsa. Fala-se que as eleições presidenciais deste ano prometem um embate feroz entre os dois grupos. Ledo engano. Com menos de 20 por cento de seus eleitores conscientes e devidamente politizados, o pleito será marcado pelos candidatos que melhor souberem enganar seus eleitores. No Brasil não existe direita nem esquerda, mas um punhado de políticos ladrões que sempre se juntam para roubar o Erário, disse certa vez o colunista Diogo Mainardi.  Nem Lula é da esquerda e muito menos Jair Bolsonaro é da extrema direita. E tudo indica que os dois se engalfinharão na luta pela preferência do eleitorado. Isso se a elite do país permitir a candidatura do petista, que será julgado proximamente ou a mídia não destruir as pretensões do capitão reacionário.

Pobre Brasil, que terá um dos dois como o próximo presidente da República. A ignorância de grande parte do eleitorado não consegue ver nada melhor para votar. E o pior é que parece não existir opção melhor do que eles. Bolsonaro é a medida certa para os eleitores desesperados e sem nenhuma leitura de mundo. Assim como o Collor iludiu grande parte dos brasileiros dizendo que era o caçador de marajás, Bolsonaro acena para os mais radicais e burros dizendo que vai fazer de tudo se eleito. Nem Collor caçou marajá nenhum nem o chamado “Bolsomito” vai prender qualquer corrupto. Já Lula é a panaceia milagreira dos esquerdistas. O homem que não vai mais roubar e vai governar para os pobres. Coisa que não fez em oito anos. E nenhum deles governará para os mais necessitados. Nenhum está preocupado com o povão e os brasileiros de um modo geral.

Nem Lula muito menos Bolsonaro fará jorrar mel e leite das ruas como seus eleitores tolamente acreditam. A campanha eleitoral ainda nem começou e muita gente já está escolhendo suas preferências sem nem observar a viabilidade das propostas apresentadas por cada um deles. Qual dos dois promete, por exemplo, criar sistema de educação integral nas nossas escolas? Qual dos dois promete investir em educação de qualidade? Embora se diga que estão subestimando a popularidade do ex-militar, não creio que ele tenha mais eleitores do que o petista. Quem vota no Lula tem a mesma massa cinzenta do eleitor do Bolsonaro. Ninguém quer pensar no Brasil, apenas em suas próprias necessidades. Sem nenhuma ideologia ou convicção política, os eleitores mandarão de novo para o Planalto um presidente sem nenhuma identidade com o país.

O Brasil não precisa de salvadores da Pátria, mas de alguém que tenha a vontade de resolver os problemas seculares que enfrentamos. E isso se faz com tenacidade e empatia com o próximo. Se o futuro governante não tiver espírito coletivo, seriedade e honestidade, de nada adiantará ficar quatro anos fingindo nos governar. Vivemos um hiato político perigoso: o desprestígio da classe política fará aparecer “um Deus” que tudo resolverá. A vitória de Jair Bolsonaro ou de Lula apenas adiará a concepção de uma nação justa para com os seus habitantes. Estamos vivendo em uma “sinuca de bico” e não sabemos o caminho que devemos seguir. “Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come”. Nem direita, nem esquerda. Nada de extremismos tolos, nem de vinganças premeditadas e inócuas. O Brasil precisa de ações que possam fazer uma das maiores economias do mundo ser um lugar próspero e justo. Lula e Bolsonaro sabem disto?

*É professor em Porto Velho.

Autor / Fonte: Professor Nazareno

Leia Também

Loading...