Liberação de equipamentos apreendidos para atender Instituto Abaitará é sinalizada

Liberação de equipamentos apreendidos para atender Instituto Abaitará é sinalizada

Em reunião na quarta-feira (6), em Brasília, com o secretário nacional da Receita Federal,  Jorge Rachid, o governador Confúcio Moura solicitou a disponibilização de produtos apreendidos pela Receita Federal no intuito de atender demandas prioritárias do Centro Técnico  Estadual de Educação Rural Abaitará, localizando no município de Pimenta Bueno.

Na ocasião, Confúcio Moura apresentou ao secretário, o portfólio do Instituto Abaitará e a relação dos itens  necessários para a implementação e melhoria da unidade de ensino rural.  De acordo com o governador, a Receita Federal tem nos seus barracões, armazéns, depósitos no país, mercadorias apreendidas e elas poderão ser destinadas com o objetivo educacional e social importante.

“Vim solicitar dele uma cooperação, com esse produtos na educação rural de Rondônia, principalmente no Instituto Abaitará de material esportivo, máquinas, implementos agrícolas, instrumentais de informática, roupas, e outros materiais importantes para atender indígenas, quilombolas e alunos filhos de agricultores”, explicou o Confúcio Moura.

Jorge Rachid acolheu a reivindicação  do governador e pediu em  contrapartida que o  Governo do Estado coloque na grade curricular da instituição de ensino, aulas de educação fiscal .

Participaram também da reunião, a superintendente de  Integração do Estado de Rondônia em Brasília (Sibra), e o subsecretário-adjunto  de Gestão Corporativa da receita Federal, Juliano Brito Neves.

Autor / Fonte: Zozimo Macedo/Secom

Leia Também

Comentários