Lupita Nyong'o conta sobre ter sido assediada por Harvey Weinstein

Lupita Nyong'o conta sobre ter sido assediada por Harvey Weinstein

© Reuters   

Lupita Nyong'o contou ter sido assediada pelo produtor cinematográfico Harvey Weinstein em várias ocasiões após ele ser acusado de assédio sexual e estupro por dezenas de mulheres.

Ela ganhou o Oscar em 2014 por "12 Anos de Escravidão", filme produzido pela empresa de Weinstein. Nyong'o foi a primeira atriz queniana-mexicana a ganhar um Oscar de melhor atriz coadjuvante.

Em um longo relato publicado pelo jornal "The New York Times", a atriz deu detalhes dos episódios de assédio. Ela conta que conheceu Weinstein durante o Festival de Cinema de Berlim e, pouco tempo depois, ele a teria convidado para assistir um filme em sua casa.

Na ocasião, o produtor pediu para massagear as costas da atriz, mas Nyong'o se ofereceu para massageá-lo por achar mais seguro. "Eu entrei em pânico por um momento", conta. "Eu achei [que massageá-lo] me permitiria estar no controle e saber onde suas mãos estavam durante todo o tempo." A atriz diz que foi embora da residência após Weinstein tentar tirar suas calças.

Em outra ocasião, o produtor teria feito propostas sexuais a ela e dito que ela deveria estar disposta a fazer esse tipo de coisa se quisesse ser uma atriz.

"Me senti muito sozinha quando essas coisas aconteceram e me culpei por isso, bem como muitas das outras mulheres que compartilhavam suas histórias", disse. Com informações da Folhapress.

Autor / Fonte: Fama ao Minuto

Leia Também

Comentários