Mariana vence queda de braço no PSDB, diárias de vereadores são ilegais, trecho da BR 364 está todo esburacado

 

Tucanos – O esperado “bate-chapa” entre o deputado estadual e líder do governo do Estado na Assembleia Legislativa (Ale), Laerte Gomes, de Ji-Paraná e a deputada federal Mariana Carvalho para escolha do novo presidente do diretório regional nas eleições do último sábado (11) não ocorreu. Mariana e Laerte acabaram chegando a um consenso e ela foi eleita presidente da regional do partido. O ex-presidente e ex-senador, Expedito Júnior ligado a Laerte ficou com a 1ª secretaria e o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves é o vice-presidente.

Racha – Apesar do consenso ficou evidente que os tucanos estão divididos em Rondônia. Expedito, sem mandato há tempo segurou o partido o quanto pode, mas hoje Mariana é a maior expressão política do PSDB juntamente com o prefeito Hildon, um novato na política. Laerte Gomes não é um tucano de bico duro, pois foi eleito pelo PEN, mas é fiel escudeiro de Expedito Júnior.O deputado federal Expedito Netto foi eleito pelo SD e hoje é presidente do PSD. Há quem aposte que Expedito (pai) e seu grupo se abrigarão no PSD para as eleições de 2018.

Diárias – O festival de diárias de vereadores, que se deslocam dos seus municípios a Porto Velho e Brasília com a justificativa de “reivindicar recursos” é ilegal, segundo o advogado Caetano Neto,presidente da Associação dos Direitos da Cidadania de Rondônia a Constituição Federal é bem clara e específica quando aborda a competência e atribuições inclusive sobre diárias de vereadores.  

Diárias II – Vereador não pode receber diárias para viagens à capital para entregar ofícios a deputados e muito menos a Brasília, segundo Caetano Neto, pois “não tem competência e muito menos legalidade para viajar com diárias pagas pelo povo para oficiar os governos federal e estadual”, argumentou. Vereador tem que fiscalizar as ações nos municípios, inclusive as licitações e fazer leis. Caetano disse que as diárias para vereadores de Cabixi, por exemplo, durante um ano daria para construir uma escola.

BR 364 – No último final de semana o Rondônia Dinâmica publicou matéria com opinião sobre a situação da BR 364, a principal rodovia federal asfaltada e criticou a precariedade da estrada. Os constantes tapa-buracos servem para engordar bolsos de políticos e técnicos corruptos, mas a restauração da rodovia, no trecho Vilhena a Porto Velho, com mais de 700 quilômetros é necessário. Tapa buracos não resolve e hoje o trecho entre o retão da Fazenda Nova Vida, no sentido Ariquemes a Ji-Paraná, o trecho até Jaru está com o piso lastimável.

Respigo

Ainda sobre a BR 364. As chuvas estão chegando agora. Do retão da Nova Vida a Jaru a pista está esfarelando. Serviço de péssima qualidade na recuperação feita recentemente +++ Como o período das chuvas já chegou, certamente até o final do ano, quando o trânsito aumenta de forma significativa na 364, o trecho ficará intransitável. E o Ministério dos transportes só irá tratar da restauração no último trimestre de 2018 +++ Boa parte dos buracos nas ruas e avenidas do centro de Jaru foi fechada. Mas fora do eixo central os buracos são destaques, negativos +++ O deputado federal Lúcio Mosquini terá que trabalhar muito para conseguir repetir a votação expressiva que teve em Jaru, já que tem intenção de disputar a reeleição. O vice-prefeito Jeverson Lima promete ser um adversário de peso na disputa pela Câmara Federal.

Autor / Fonte: Waldir Costa / Rondônia Dinâmica

Leia Também

Comentários