Ministra de Bolsonaro, Damares Alves diz que professores de Porto Velho aplicaram provas com conteúdo pornográfico a crianças de 8 anos

Ministra de Bolsonaro, Damares Alves diz que professores de Porto Velho aplicaram provas com conteúdo pornográfico a crianças de 8 anos

Rondônia Dinâmica apurou as informações que estão sendo compartilhadas nas redes sociais e encontrou a origem do manifesto

Porto Velho, RO – Damares Regina Alves, atual ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos no governo de Jair Bolsonaro (PSL), já se envolveu em inúmeras polêmicas em pouquíssimo tempo, principalmente por conta de declarações controversas.

Agora, suas manifestações chegaram ao estado de Rondônia, atingindo, especialmente, os professores de Porto Velho.

Trecho de uma palestra há pouco não datada e sem maiores informações acerca de suas origens começou a circular nas redes sociais causando revolta tanto dos professores quanto da entidade representativa, que chegou a veicular Nota de Repúdio a respeito do caso.

VEJA O TRECHO

Rondônia Dinâmica apurou os fatos e chegou à raiz da celeuma, constatando a veracidade do conteúdo compartilhado por diversas pessoas.

As imagens que percorrem a Internet foram retiradas da palestra “Ministrar Kids – A Família e a Influência do Inimigo”, realizada pela União de Crianças da Assembleia de Deus de Brasília (UCADEB) e postada na íntegra no dia 18 de outubro de 2017, no usuário TVADNP Canal Gospel, registrado no YouTube.

ASSISTA A ÍNTEGRA DO PRONUNCIAMENTO

Aos 56min24seg do vídeo original,  Damares começa a falar sobre um suposto caso de Porto Velho onde professores teriam adulterado uma tirinha retirada do gibi Turma da Mônica, de Maurício de Sousa, e a utilizado como questão de prova.

Nela, há um diálogo entre as personagens Cebolinha e Magali com um pipoqueiro.

Cebolinha pede um saco de pipoca ao passo em que o pipoqueiro se apressa em questionar: “E a garotinha?”. Magali responde: “Uma p***”.

A evangélica, então, faz ilações sobre o corrido deixando claro para o seu público que, inicialmente, ficou com raiva de Maurício de Sousa, por ser o criador dos quadrinhos.

Depois, de acordo com a pastora evangélica, averiguou a situação e "descobriu" que, no fim das contas, teria havido adulteração proposital do conteúdo do quadrinho a fim de impor conotação sexual à questão. Ela não apresentou provas sobre as alegações. 

Ela chega a dizer que conversou com os supostos professores e ironizou a resposta dos docentes.

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Rondônia (SINTERO) pediu a manifestação das pastas responsáveis pela Educação tanto na esfera municipal quanto estadual.

Confira a íntegra da nota

É com muita preocupação que o Sintero vem a público manifestar repúdio diante da declaração feita pela Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, em vídeo divulgado na internet, em que acusa professores de Porto Velho de aplicar avaliação com conteúdo de natureza sexual a alunos de 8 anos de idade.

Ao contrário do que diz a Ministra, não há denúncia dessa natureza por parte dos pais nem por parte dos professores, seja referente a conteúdos impróprios em livros pedagógicos ou em avaliações. Logo, essa informação não tem fundamento.

Em nome dos Trabalhadores em Educação do Estado de Rondônia o Sintero pede que a senhora Ministra apresente provas de suas alegações, pois a acusação é grave, insulta e desrespeita os professores e as professoras, que tratam com muita responsabilidade o ensino infantil.

No vídeo, a Ministra não especifica se a acusação é feita a professores de escolas municipais ou estaduais. Portanto, o Sintero pede à Semed e à Seduc para que também se manifestem publicamente sobre o caso.

A atitude da ministra não possui outra finalidade senão a tentativa de desmoralizar uma profissão que já sofre constantemente com a desvalorização e o desrespeito.

A direção do Sintero tranquiliza as professoras e os professores, e informa que tomará as medidas cabíveis para que essa acusação seja esclarecida.

A Direção

Autor / Fonte: Rondoniadinamica

Comentários

Leia Também

 
Loading...