R$ 2,9 milhões para a UTI são empenhados: prefeito Eduardo agradece governador

R$ 2,9 milhões para a UTI são empenhados: prefeito Eduardo agradece governador

Após conversas entre o prefeito Eduardo Japonês e o governador Marcos Rocha desde 2018, nesta semana uma conquista importante foi anunciada: Vilhena receberá os repasses atrasados da UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A primeira nota de empenho no valor de R$ 2,9 milhões já foi entregue e o Governo fez também o compromisso de colocar o pagamento em dia.

“Agradeço ao governador Marcos Rocha por dar esta atenção especial à Vilhena e ao Cone Sul, pois a UTI é de suma importância para salvarmos vidas. Esse recurso vai desafogar nosso orçamento e poderemos atender melhor a todos”, conta o prefeito Eduardo Japonês.

O deputado estadual Luizinho Goebel comemorou o repasse e revelou seu esforço em prol da Saúde local. “Temos neste Governo um parceiro importante para o Hospital Regional. Depois de tanto lutarmos para conseguir esse recurso, é muito bom ver o governador e o secretário ouvirem a nós e à população que precisa desses valores”, conta Luizinho.

Em Porto Velho durante esta semana, o secretário de Saúde Afonso Emerick recebeu das mãos do próprio secretário de Estado de Saúde, Fernando Máximo, a nota de empenho com o recurso já alocado para Vilhena.

“Durante mais de um ano a Prefeitura teve de pagar sozinha a manutenção das atividades da UTI. Pela primeira vez na história da cidade tivemos um empenho de 12 meses inteiros assim. Vilhena é uma grande cidade, mas precisamos da ajuda do Estado para que a Saúde seja suficiente a todos do Cone Sul. Ficamos felizes com essa disposição do governo em nos atender”, explica Afonso.

A boa notícia já havia sido anunciada na  na última sexta-feira, dia 8, quando o secretário de Estado veio a Vilhena. Máximo explicou em sua primeira visita no Cone Sul, que o governo “tem o objetivo de fazer parcerias com as secretarias e deputados estaduais para que possa melhorar os atendimentos na área da Saúde para todos que utilizam as dependências do Hospital Regional de Vilhena”, afirmou.

Após receber o valor, equivalente a cerca de 12 meses, a Prefeitura ainda tem 3 meses em aberto com o Governo. Máximo explicou que é um compromisso do governador Marcos Rocha manter em dia o pagamento da UTI e a partir de agora.

Autor / Fonte: Assessoria/Prefeitura

IDETRO WORKSHOP

Comentários

Leia Também

 
Loading...